quarta-feira, 6 de julho de 2011

A importância do líder por Raquel Almeida


criancas02.jpg
Olá pessoal
Hoje estarei postando uma mensagem de Raquel, ela é uma amiga muito meiga e sempre presente, mesmo longe geograficamente. Obrigada amada pela contribuição.

“Deixem vir a mim as crianças, não as impeçam; pois o Reino de Deus pertence aos que são semelhantes a elas (Mc 10.14).

No decorrer dos séculos, muitos crentes têm rejeitado os esforços das crianças para se aproximarem do Salvador.

Charles Spurgeon, um famoso pregador inglês, escreveu: “Que maravilha será ver nossas crianças firmadas na doutrina da redenção por Cristo! Se forem prevenidas contra os falsos evangelhos desta era perversa, e ensinadas a firmar-se na rocha eterna da obra consumada de Cristo, podemos esperar que a próxima geração venha a manter a fé e que será melhor do que a de seus pais”.

Não é preciso muitas pesquisas para perceber o quanto Jesus ama as crianças. Ele demonstrou isso quando as abraçava e as abençoava: Em seguida, tomou as crianças nos braços, impôs-lhes as mãos e as abençoou”. (Mc 10.16)

Ainda existem muitas igrejas que não dão o devido valor ao ministério infantil, encaminhando sempre quem não tem dom para cantar, dançar, pregar, para ficar com as crianças, como se esse ministério fosse menos importante. O diabo não pensa assim. Ele investe pra valer nas crianças, prova disso são as infinidades de programas, desenhos, brinquedos, jogos, etc, que são criados para elas; cheios de novidades, cores e muitos outros atrativos. Sabemos que a criança é um produto do meio em que ela vive, tudo o que ela ouve, assiste na TV, aprende na escola, contribui para a formação da sua personalidade e caráter. 

“Qualquer, porém, que fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse afogado na profundeza do mar” (Mt 18.6)

Jesus ama mesmo as crianças! Nós as afastamos dEle, quando fazemos pouco caso do ministério infantil, quando as deixamos numa salinha improvisada enquanto seus pais assistem ao culto, quando não as levamos a igreja, quando não valorizamos os professores e líderes que cuidam delas e nem investimos, deixando-os sozinhos carregando este “peso”.

Está na hora de acordar! O Senhor nos confiou essa responsabilidade. Devemos ser a principal influência e referência em suas vidas. É preciso investir nesse ministério. Gosto de afirmar que as crianças fazem parte do corpo de Cristo, portanto elas não são “a igreja de amanhã”, mas já são a igreja de hoje. Quantos problemas seriam evitados, quantos adolescentes seriam saudáveis e quantos adultos sábios e maduros teríamos nas igrejas, se tão somente investíssemos no ministério infantil! É mais fácil ensinar a criança no caminho que ela deve andar do que tratar dos desvios de caráter, feridas na alma, traumas, rebeldias, dos adultos.

Fico imaginando quantas coisas lindas o Senhor tem guardado em seus tesouros! Se temos a mente de Cristo, podemos fazer melhor do que tudo que o mundo oferece.

As dificuldades que as pessoas sentem em trabalhar com as crianças vêm da falta de preparo, orientações, materiais. Como qualquer outro ministério é preciso se preparar. O amor é fundamental, mas os cursos e treinamentos darão suporte e quanto mais ministros, menos trabalho, então ficará fácil e prazeroso. Vale a pena gastar um pouco mais em salas amplas, bonitas e coloridas, com brinquedos, lápis de cor, joguinhos, músicas e brincadeiras. Criança é criança em qualquer tempo e lugar, não dá para mudar a realidade de que elas vivem fantasiando, imaginando, pensando. Tudo isso é muito saudável e importante. Não precisamos de robozinhos, mas de crianças livres para pensar, aprender, criar.


PEDRA DE MOINHO - Era uma instrumento composto por duas pedras que eram giradas uma sobre a outra. Os moinhos eram uma peça básica num lar e tiveram diferentes formas ao longo dos séculos. No tempo de Jesus eram empregados os chamados “moinhos de asno”. As pedras eram enormes e somente um burro conseguia mover a que girava sobre a que permanecia fixa no chão

Quem alcançará as crianças?

As crianças são escolhidas por Deus ainda no ventre materno. João Batista, Moisés, Samuel, Sansão e o próprio Jesus, dentre outras, são histórias que nos mostram os propósitos de Deus na vida das crianças e o cargo que ocuparão no futuro.

Deus nos delegou a responsabilidade de evangelizar as crianças, muitas estão morrendo sem salvação.
  • - “Ide ... (Mc 16.15 )
  • - “Deixai... (Mc 10.14)
  • - “Apascenta os meus cordeiros... (Jo 21.15)
  • - “Não é da vontade de Deus que uma criança se perca ... (Mt 18.14)
  • - “Ensinar as doutrinas fundamentais as crianças ... (Ex 12. 26-27)
  • - “Desde o menor deve ouvir os mandamentos ... (II Reis 23.2 – II Cr 20.13 – Dt 6.7-31 – Ef 6.4)

Os ensinamentos devem começar em casa com os pais, assim como na igreja.

Leia Esdras 10.1: “Enquanto Esdras estava orando e confessando, chorando prostrado diante do templo de Deus, uma grande multidão de israelitas, homens, mulheres e crianças, reuniram-se em volta dele.”  Aqui é possível ver que as crianças também participaram de uma sessão de arrependimento, junto a adultos.

Para evitar que as crianças se tornem adultos rebeldes e maus, elas precisam aprender desde cedo a conhecer o poder de Deus e também as suas obras:

Povo meu, escute o meu ensino; incline os ouvidos para o que eu tenho a dizer.
Em parábolas abrirei a minha boca, proferirei enigmas do passado;
O que ouvimos e aprendemos, o que nossos pais nos contaram.
Não os esconderemos dos nossos filhos, contaremos à próxima geração os louváveis feitos do SENHOR, o seu poder e as maravilhas que fez.
Ele decretou estatutos para Jacó, e em Israel estabeleceu a lei, e ordenou aos nossos antepassados que a ensinassem aos seus filhos,
de modo que a geração seguinte a conhecesse, e também os filhos que ainda nasceriam, e eles, por sua vez, contassem aos seus próprios filhos.
Então eles porão a confiança em Deus; não esquecerão os seus feitos e obedecerão aos seus mandamentos.
Eles não serão como os seus antepassados, obstinados e rebeldes, povo de coração desleal para com Deus, gente de espírito infiel.” (Sl 78.1-8)

A CRIANÇA PRECISA SER SALVA

“Sei que sou pecador desde que nasci, sim desde que me concebeu minha mãe.” Sl 51.5

Desviam-se os ímpios desde a sua concepção; nascem e já se desencaminham, proferindo mentiras.” Sl 58.3.

Da mesma forma, o Pai de vocês, que está nos céus, não quer que nenhum destes pequeninos se perca”. Mt 1814

CRIANÇA É BÊNÇÃO!

Da boca de pequeninos e crianças de peito tiraste perfeito louvor”. Mt 21.16
Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos.” Mt 11.25.

As crianças estão com o coração aberto a aceitar e reter os ensinamentos bíblicos. Elas devem ser contadas como membros da igreja, pois fazem parte do corpo de Cristo. Para ser salvo não é preciso entender tudo, basta crer e aceitar pela fé a palavra de Deus.  Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação” Rm 10.10. As crianças dependem de nós para mostrar-lhes o caminho: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.” Pr 22.6





7 comentários:

Adriana (Teens Gospels) disse...

Liderança é acima de tudo um compromisso,e para ser líder quando se trata de criança tem que ter base, e esta não é nada mais e nada menos que o Amor, pois criança conhece quem real realmente gosta de você, ela conhece e imita seus passos, se amarmos vamos conquista-la! Bjs muito boa a post.

Filipe Oliveira disse...

Amém, vale mesmo investir na vida das crianças e eu sou uma grande prova disso. Porque é na infância que é construída toda uma base que tem grande influência no nosso futuro. Principalmente em meio à sociedade atual que tem divulgado inúmeros valores contrários aos ensinamentos de Deus. As crianças precisam crescer ouvindo a verdade.

Um grande abraço, Deus te abençõe sempre!

Lúcia Soares disse...

olá Lu, muito boa reflexão da Raquel, criança é uma benção.um grande abraço.

Mensagens abencoadoras!!! disse...

Oie...estarei por aqui...
Voltarei para comentar...
Bjus
Marly

Pr. Edilson Ramos disse...

Nalva, grande mensagem de Raquel! É isso mesmo, precisamos investir nas crianças. Elas não são a igreja de amanhã, mas de hoje! Precisamos agir como Jesus que as valorizou!
Uma benção a mensagem!
Pr. Edilson

Tarciana Soares disse...

Nalvinha, as mensagens de Raquel sempre são benção, me faz aprender e amar cada vez mais esse ministério infantil.

Admiro demais o trabalho de vocês com as crianças, continuem firmes e fortes. O Senhor certamente as recompensará.

Beijos...
Amo vocês, Quel e Nalvinha!

Lúcia Soares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Copyright (c) 2010 Reflexões Diárias Lucinalva. Design by WPThemes Expert
Themes By Buy My Themes And Cheap Conveyancing.