segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Música de André Valadão - Se eu me humilhar

Olá pessoal
Segue para meditação esta bela canção de André Valadão. Um forte abraço!

Neste lugar tu és real
Vou me entregar totalmente
O Teu toque abriu os olhos do meu coração
Eu posso enxergar e entender...

(refrão)
Se eu me humilhar
Diante do Teu altar
E sacrificar aquilo que me custar
Tu inclinarás os Teus ouvidos ao meu clamor

Mais vale um dia no centro do Teu querer
Que toda a vida sem jamais Te conhecer

Tu és minha fonte
Minha colheita
Minha herança!

(refrão 2)
A minha fonte é o teu amor!
Minha colheita é o teu amor!
Minha herança é o teu amor!

9 comentários:

Alessandra Santos. disse...

Que bela mensagem de quebrantamento... Que essa possa ser a nossa oração a cada dia. Um boa noite minha querida. Bjosssss

Irismar Oliveira disse...

Lembrei do salmo que diz: TODAS as minhas fontes estão em TI.

Um belo dia

✿ chica disse...

Lindo e o amor é sempre uma ótima fonte!beijos,chica

Luciano disse...

Oi nalvinha legal esta musica celebridade, vc vai para a marcha

Luciano

Marylane e Felipe Gifone disse...

Oi Lucinalva, não conhecia essa letra.
Muita lindo o louvor, com palavras
de um verdadeiro adorador!

Abraço.

Vivian disse...

Olá,Lucinalva!!

Linda letra, que instiga a muitas reflexões!!è o amor maior, aquele que nos guia e sustenta!!
Beijos pra ti!
*Obrigada pela visita!Seja Muito Bem-Vinda!

Filipe Oliveira disse...

Oi irmã Lucinalva,
Essa canção tem sido bem presente na minha vida, conheci através do ministério de louvor lá da igreja e gostei desde que ouvi pela primeira vez.

Há a necessidade de se humilhar dia após dia diante de Deus.

Forte abraço!

Cida Kuntze disse...

Que linda música Lú, eu não conhecia.
Que letra!!! Vou ver se encontro no you tube pra ouvir.
Beijos.

Lúcia Soares disse...

oi Lu bom dia
legal esta musica, bjs lindinha.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Copyright (c) 2010 Reflexões Diárias Lucinalva. Design by WPThemes Expert
Themes By Buy My Themes And Cheap Conveyancing.